Skip to main content
IMG_0663

O ensinamento do cliente que virou capa de revista!

O ano era 2013. Pela primeira vez eu teria a honra de treinar e capacitar os queridos amigos da PwC Brasil na sempre apetitosa BH. Quando lá cheguei fui fazer a reunião de briefing com o sócio que à época liderava o escritório de BH, o meu querido amigo Carlos Augusto Silva.

Eis que o “Carlinhos” para e me pergunta: “Zé, o quanto você conhece a PwC?”.

Humildemente disse a ele que ainda conhecia pouco, muito embora eu já tivesse uma relação com a firma já há muito tempo como executivo de outra multinacional e não como professor de técnicas de negociação, atendimento de excelência e vendas consultivas. Eis que de forma bastante descontraída, o Carlinhos começa uma verdadeira aula sobre esta empresa espetacular que é a PwC.

Depois de tanto aprendizado, o Carlinhos me desafia novamente. “No mundo dos serviços profissionais, nós temos uma verdadeira mina de ouro inexplorada. E agora Zé, eu tenho outra pergunta para te fazer. Quem são estas minas de ouro, hein Zé?”.

Eu novamente pedi a ajuda ao craque mineiro do relacionamento corporativo Carlinhos: “Puxa vida Carlinhos, eu não sei”.

E o Carlinhos com sua impressionante vontade de compartilhar conhecimentos diz com muita propriedade:

“Zé, os clientes que já temos em nossa carteira são uma mina de ouro na maioria das vezes completamente inexplorada”.

Wow!! Confesso que mesmo depois de tantos anos na estrada comercial, eu fiquei pasmo com tamanho brilhantismo ao explicar um tema de tamanha importância para todas as empresas dos mais diversos setores e com ainda mais ênfase no cada vez mais competitivo mundo das vendas consultivas de alta performance, onde é fundamental saber bem explorar as excelentes oportunidades de crescimento que já temos dentro da nossa carteira de clientes.

A partir daí eu e meu sócio Bruno Strunz “adotamos” este super ensinamento do Carlinhos em todos os nossos treinamentos e consultorias para as melhores e maiores empresas do mundo.

Na própria PwC, já foram mais de 1.200 horas de conteúdo ao longo de todos estes últimos 7 anos! Sim, você leu corretamente. Mais de 1.200 horas de sala de aula com profissionais de todo o Brasil e também do Equador que foram brindados com esta lição de negócios do meu hoje super amigo Carlinhos.

Setembro de 2020: fomos chamados a contribuir mais uma vez para a melhor e mais importante revista de vendas do País que é a VendaMais capitaneada pelo amigo e craque das vendas Raul Candeloro e pela sempre brilhante jornalista Natasha Schiebel.

O tema? Gestão da Carteira de Clientes. E qual foi o grande insight que a Revista captou? Ora, como não poderia deixar de ser diferente, foi este super ensinamento do nosso querido amigo Carlinhos.

Mentirosos seríamos se disséssemos que não ficamos orgulhosos por termos sido novamente destaque na VendaMais. E levianos seríamos se não déssemos o crédito ao Carlinhos a quem dedicamos esta capa de revista.

Carlinhos: obrigado meu querido amigo! Felizes as pessoas que têm amigos como você que de forma gratuita dividem seus conhecimentos com o mundo! E obrigado por lá atrás ter dito que não iria nos cobrar royalties por isso. 😊

E para finalizar este artigo histórico, quero aqui reforçar que uma boa estratégia de vendas deve privilegiar especialmente a sua base de clientes já existentes, pois ao final do dia é ali que você encontrará as melhores oportunidades de venda e de crescimento sustentável, ou melhor, é ali que você vai encontrar suas verdadeiras “minas de ouro”, certo Carlinhos??

E a todos os amigos e amigas que nos privilegiam com seu carinho e confiança: contem sempre conosco da Paixão por Vendas na sua jornada de capacitação e de desenvolvimento de estratégias de vendas consultivas ainda mais inteligentes e absolutamente orientadas à alta performance.

Um grande abraço a todos! E ao querido amigo Carlinhos: obrigado por TUDO! Que Deus continue te iluminando em toda a sua jornada!

Um grande abraço e boas vendas para você!

José Ricardo Noronha | www.paixaoporvendas.com.br

Soluções Customizadas de Educação Corporativa em Vendas: entre em contato comigo através do e-mail josericardo@paixaoporvendas.com.br

Necessidades e Desejos: o sucesso em vendas passa pelo seu entendimento

Businessman at Road of Success

Em todas as Palestras e Cursos que tenho ministrado no Brasil inteiro, sempre digo que os melhores vendedores são aqueles que sempre colocam as necessidades, desejos, expectativas e sonhos dos seus clientes acima dos seus, o que se traduz em uma postura de absoluto compromisso em servir e ajudar os clientes na resolução de seus problemas e na plena realização dos seus sonhos. Aliás, não custa reforçar dois conceitos absolutamente fundamentais para o tão sonhado sucesso em vendas: Vender é ajudar! Vender é servir!

No entanto, é preciso reconhecer que muitos de nós ainda trabalhamos e vendemos muito mais motivados pelos nossos desejos e necessidades em detrimento aos dos nossos clientes. E hoje eu quero falar exatamente sobre a importância da boa identificação dos desejos e necessidades dos clientes para incrementar a sua performance em vendas e a sua satisfação em trabalhar com algo tão apaixonante como Vendas, onde ajudamos pessoas e empresas na resolução de seus problemas e na realização dos seus grandes sonhos.

Geralmente, as necessidades são muito mais fáceis de identificar que os desejos dos clientes. Pensemos juntos. Do que exatamente os clientes precisam quando vão à uma concessionária de carros? Um carro. Do que exatamente os clientes precisam quando vão à uma Agência de Viagens? Uma viagem. E a identificação das necessidades que tende a ser bastante simples exatamente por parecer tão óbvia, muitas vezes nos atrapalha na identificação dos desejos dos clientes quando da compra dos produtos e serviços que comercializamos.

Sim, a identificação dos desejos exige um trabalho e uma preocupação maiores por parte de todos nós vendedores, pois são muito menos evidentes que as necessidades. Usando os mesmos exemplos acima, o cliente de uma concessionária Audi, BMW ou Mercedes Benz, pode estar em busca do status proporcionado por um carro de luxo, pelo alto desempenho e pelo design diferenciado e exclusivo, que são apenas alguns dos componentes das marcas mais premium de automóveis do mundo. Já o cliente da Agência de Viagens pode estar em busca daquela viagem inesquecível com a família à Disney, onde certamente se renderão ao encanto e magia dos personagens e parques fantasticamente concebidos pelo gênio Walt Disney.

Já abordei também aqui neste Blog a importância da perfeita definição do perfil do seu “cliente alvo”. Questões como: quem é, como vive, o que quer e o que precisa o seu cliente alvo são imprescindíveis para que todos os esforços de desenvolvimento de produtos e serviços (P&D), marketing, vendas, investimentos, distribuição e de uma execução perfeita da estratégia formem a combinação perfeita que irá culminar no sucesso do seu negócio, da sua área e logicamente no seu sucesso pessoal.

Já falei também sobre a fundamental importância de conhecer o seu “não cliente”, pois se há algo errado e infelizmente ainda tão presente no mundo corporativo, é a falsa impressão que um bom produto, serviço ou ideia conseguirá atingir com o mesmo sucesso o mercado como um todo. Segmentação é o nome do jogo aqui, e isso requer um profundo entendimento do comportamento do consumidor e uma cuidadosa análise estratégica de marketing que deve incluir segmentação de mercado, seleção dos mercados-alvo e o correto posicionamento de mercado baseado fortemente nos benefícios e diferenciais competitivos do seu produto ou serviço.

Portanto, uma vez identificado o seu público e mercado alvo e definidos os benefícios e diferenciais competitivos da sua oferta, é fundamental que você busque entender da forma mais plena possível quais são não apenas as necessidades dos seus clientes, mas principalmente os desejos e sonhos que o movem em direção à compra do seu produto ou serviço. Para fazer isso, eu compartilho com você 5 dicas simples e super eficientes para entender os verdadeiros motivadores de decisão dos seus clientes:

  • Pergunte sempre: faça bom uso das perguntas abertas que lhe permitirão conhecer mais precisamente todas as necessidades, desejos, sonhos e expectativas dos seus clientes. Quão maior for o seu entendimento sobre cada um destes pontos, melhor será o atendimento oferecido aos seus clientes e incrivelmente maiores serão as chances de ganhar um cliente e “fã” leal e disposto a compartilhar esta experiência positiva com amigos e familiares. E uma dica de leitura bacana para você que é profissional do mercado de vendas complexas (B2B) e que precisa incrementar suas habilidades de liderar o processo de vendas através de perguntas é o excelente Spin Selling de Neil Rackham (S de Situação, P de Problema, I de Implicação e N de Necessidade de Solução);
  • Anote e sintetize os pontos principais: crie o hábito de anotar todos os principais pontos que o seu cliente tem dividido com você, pois são exatamente estes pontos que lhe permitirão construir um discurso de vendas extremamente poderoso e fortemente embasado nas expressões que ele compartilhou com você. Exemplo: se ele lhe disse que a compra do carro novo se justificava também pelo desejo de maior conforto à família, tenha certeza de incluir uma expressão como “este carro é reconhecido mundialmente exatamente pelo conforto que o Sr. / Sra. tanto buscam neste carro“. Anote tudo e não confie em seu cérebro. Sugiro também usar um software que permita o registro de todas as interações com os seus clientes. A melhor solução que conheço para gerenciamento de processos de vendas é o Salesforce.com;
  • Colha informações dos seus clientes o tempo todo: não basta apenas fazer aquela pesquisa que afere em uma escala de 0 a 10 se o cliente foi bem atendido. Empresas e profissionais que oferecem um Atendimento Nota 10 e que promovem o real Encantamento dos seus clientes, estão o tempo todo coletando informações sobre novas necessidades, novos desejos, novos sonhos e principalmente sobre melhorias que podem ser incorporadas aos produtos e serviços que você e sua empresa vendem. Este canal de comunicação e obtenção de feedback do cliente precisa funcionar o tempo todo. E aqui reforço: registre tudo o que puder em um software específico para isso;
  • Emoções e Sonhos: as melhores vendas e os melhores relacionamentos são aqueles permeados por emoções e por grandes sonhos. Emoções não são nada mais nada menos que os sentimentos que seus clientes experimentam e vivem no contato com a sua empresa e no contato cotidiano com você. Por isso, é tão importante saber incluir a emoção como um dos eixos essenciais do relacionamento com seus clientes. Além disso, é preciso entender quais são os sonhos que movem seus clientes, pois quando você os entende e consegue fazer a conexão entre o sonho do cliente com o produto e serviço que você comercializa, muito maiores são as chances de conquistar mais um “fã” para o seu negócio.
  • Não é sobre você e muito menos sobre seus produtos. Lembre-se sempre que o objetivo de toda e qualquer empresa e profissional é entender profundamente as necessidades, desejos e sonhos dos seus clientes e público alvo. De fato e por mais duro que possa parecer, eles pouco se importam com você e com a sua empresa. Eles se preocupam de verdade com eles próprios e com a forma que a sua empresa, produto ou serviço podem ou não satisfazer suas necessidades, desejos e sonhos.

Quando implementar este “modelo” aqui sugerido em seu negócio, você precisará se preocupar muito menos com vendas e receitas, pois terá clientes muito mais fiéis, leais e que não por acaso consomem muito mais seus produtos e serviços, pois confiam profundamente que o propósito e missão da sua empresa é oferecer valor real e servir de forma integral às suas expectativas, necessidades e sonhos.

Portanto, lembre-se sempre que os Vendedores Vencedores são aqueles profissionais que sempre colocam as necessidades, desejos, expectativas e sonhos dos seus clientes acima dos seus e que quanto mais você ajudar seus clientes, mais sucesso e mais dinheiro irá ganhar. E entenda que se por ventura esta “equação” estiver temporariamente invertida, ou seja, se estiver ganhando muito dinheiro e ajudando pouco seus clientes, que esta relação tende a não se sustentar e perenizar ao longo do tempo. Vender é servir! Vender é ajudar! Ajude muito e tenha muito sucesso!

Aliás, ficarei muito honrado e feliz mesmo com seus comentários e observações sobre como podemos todos juntos incrementar o nível de entendimento das necessidades e desejos dos nossos clientes para ajudá-los ainda maise para que todos nós juntos tenhamos muito mais sucesso.

Gostou deste artigo? Fique absolutamente à vontade para compartilhá-lo com seus amigos e familiares. E para a próxima Palestra ou Curso de Vendas em sua Empresa, não corra riscos e conte comigo para fazer um Evento absolutamente memorável.

Sucesso e um grande abraço do amigo vendedor,

José Ricardo Noronha

Palestras e Cursos Memoráveis: Entre em contato pelo telefone (11) 3434.6488 ou e-mail, para montarmos juntos uma Palestra ou Curso Memorável de Vendas em sua Empresa. Clique aqui para ver os depoimentos dos meus “fãs”.

Você Vai Continuar
Torrando Dinheiro com
Treinamentos e Palestras?

Baixe agora o eBook rápido de alto impacto com
5 dicas preciosas para não torrar dinheiro com
treinamentos desconectados da sua realidade.

Você está a UM PASSO de baixar
seu exemplar do eBook!

Deixe seu nome e seu melhor e-mail
para receber o link de download.