Skip to main content
Target audience, marketing segmentation, customers care, labour market, customer relationship management (CRM) and team building concepts.

Definição do Cliente Alvo: eis aqui a gênese do sucesso ou do fracasso de muitas empresas

Quanto mais aprofundamos conhecimentos sobre o cada vez mais desafiador e complexo mundo das vendas consultivas de alta performance, mais nos fica claro que um dos maiores e mais importantes fatores de sucesso ou de fracasso de empresas dos mais diversos portes e indústria está na sua capacidade ou incapacidade de bem definir quem é o “cliente alvo” ou “cliente ideal” que a empresa deve se dedicar.

Ainda que já tenhamos comprovações científicas e práticas das mais variadas e confiáveis fontes de que especialmente no mundo das vendas B2B as vendas de maior rentabilidade para as nossas empresas – e que consequentemente as que geram mais valor para os nossos mais importantes clientes – vêm de um grupo menor de clientes, muitos líderes ainda encontram uma enorme dificuldade de bem definir quem de fato são os clientes “target” para as suas empresas.

Quantas não são as empresas e líderes que conhecemos que cobram de suas equipes que partam para o “ataque” tendo por alvo todas e quaisquer empresas que possam absorver seus respectivos produtos, serviços e soluções. Ao fazer isso, eles estão incorrendo em um erro estratégico que pode simplesmente colocar toda a tão necessária boa execução da empresa em enorme risco, exatamente pela dificuldade de entendimento por parte das equipes de venda sobre quais são efetivamente os critérios e métricas que devem levar em consideração para a definição de eles irão concentrar seus melhores esforços, recursos e o seu cada vez mais precioso e raro tempo dedicado às crucias atividades de prospecção.

E este enorme desafio se acentua ainda mais quando falamos em empresas e empreendimentos de menor porte e pouco conhecidos, onde os empreendedores mesmo munidos de boas ideias e recursos financeiros acabam por ver suas estratégias não vingarem exatamente pela sua incapacidade de bem definir seus clientes chave antes mesmo de definir as melhores, mais eficazes e inteligentes formas de prospecção para seus negócios.

E só se pode falar em prospecção inteligente em vendas B2B quando se tem de forma cristalina na cabeça de todos os líderes e profissionais de vendas da empresa a definição clara de quem é e tão importante quanto, quem não é o cliente ideal da empresa.

Pare você mesmo e pense: quantos são os clientes que você tem aí em sua empresa com margens muito abaixo das consideradas ideais para a manutenção de uma relação “ganha ganha” e que só lhe têm sugado seu já escasso tempo, recursos e a sua energia.

E continuo aqui a lhe provocar: agora pare e pense quantos não são os seus bons clientes que você tem absoluta consciência de que eles ainda têm um enorme potencial a ser explorado em termos de incorporar novos produtos, serviços e soluções da sua empresa e que não o fazem exatamente em virtude do fato de você não ter o tempo tão necessário para se fazer mais presente no dia a dia destes bons clientes.

Não por acaso sempre dizemos tanto nos treinamentos da Paixão por Vendas quanto nos da PPV Law que “quando gastamos tempo no cliente errado, deixamos de investir tempo no cliente certo”. Outro ponto que sempre abordamos com nossos clientes, desde os gigantes globais até empresas nacionais de menor porte é a diferença fundamental que divide os compradores “transacionais” dos compradores “consultivos”. Se de um lado compradores transacionais têm uma visão de mais curto prazo, do lado dos compradores consultivos eles têm uma visão mais de longo prazo. Se do lado dos transacionais se percebe uma maior preocupação com o custo, do lado dos consultivos ainda há a busca pela majoração do valor que seus produtos e serviços podem trazer aos negócios deles.

Os brilhantes Professores Frank Cespedes (da prestigiada Universidade de Harvard e que inclusive foi meu Professor), James Dougherty e Ben Skinner III nos brindam com várias informações incrivelmente úteis à boa definição dos clientes alvo das nossas empresas em seu excelente artigo “How to identify the best customers for your business” (em tradução livre: “Como identificar os melhores clientes para o seu negócio”) publicado pelo MIT Sloan Management Review.

Para te ajudar a refletir ainda melhor sobre este assunto tão crucial e caro ao sucesso do seu negócio, eu compartilho um quadro construído a partir do artigo acima referido e que tenho certeza lhe será de enorme valia em suas discussões com seus pares, líderes e liderados para você promover uma profunda transformação em seu negócio sempre com foco visceral no incremento da produtividade, dos resultados e com uma visão clara de alta performance: clique aqui e baixe este quadro.

Portanto, se você é líder aí em sua empresa busque a partir de agora repensar sobre o “cliente alvo” da sua empresa, pois o sucesso ou fracasso do seu negócio está intimamente ligado a este ponto.

Como sempre, ficarei mega feliz mesmo em receber seu feedback e insights sobre este tema tão fundamental para o sucesso no mundo das vendas complexas.

Boas Vendas!

José Ricardo Noronha | www.paixãoporvendas.com.br | www.minimbadevendas.com.br


Acompanhe-me nas redes sociais:  LinkedIn | Instagram | Twitter | YouTube | Facebook

Podcast “Paixão por Vendas Show”: Spotify | Soundcloud | Apple Podcasts | Deezer

Cadastre-se para receber materiais grátis em seu e-mail: www.josericardonoronha.com.br

Palestras e Treinamentos Memoráveis: vendas@josericardonoronha.com.br

Soluções de Treinamento para o Mercado Jurídico: www.ppvlaw.com.br

Confira a incrível solução em EAD: Universidade das Vendas

PWC_Supplier Awards_2019_0056

Não é talento! É disciplina e amor pelo que se faz!

Ontem no avião que me trouxe da sempre quente Goiânia para a fria São Paulo eu vim mais uma vez refletindo sobre o quanto temos sido enganados pela falsa percepção que somente os super talentosos prosperam.

A prosperidade e o sucesso passam necessariamente pelo desenvolvimento consciente dos pontos fortes, pela disciplina de executar acima da média o que se espera de nós e acima de tudo pelo amor pelo que fazemos.

Aliás escrevi este post durante uma aula de MBA na FIA Business School em um dia onde eu dei um super treinamento em Goiânia de manhã e uma aula memorável para os alunos do MBA de Gestão Empresarial da FIA, o que faz com que eu só chegasse em minha casa depois da meia noite já na madrugada de 3a feira.

Cansado? Sim! Realizado? Muito! E com a certeza de que talento sozinho não leva ninguém a lugar algum. O nome do jogo é disciplina e amor pelo que se faz.

Aliás, qual é a sua visão sobre isso?

José Ricardo Noronha

d7c7c617-2000-4386-9487-d2f96ad64b39

Como vender mais e melhor no mundo das Vendas Consultivas?

Este é um dos principais temas que serão abordados na 1a Edição do “Mini MBA de Vendas” da história da Paixão por Vendas.

Um treinamento visceral, transformador e 100% prático para te ajudar a se destacar no cada vez mais complexo mundo das vendas complexas.

Confira:

Garanta agora mesmo a sua vaga e compartilhe este convite com um/a amigo/a que possa se beneficiar deste evento único:

http://www.minimbadevendas.com.br

Nos vemos aqui em São Paulo nos dias 29 e 30/10/2019!

Um grande abraço e boas vendas!

Zé | Mini MBA de Vendas

historia-bernardinho

No mundo das vendas somente os paranóicos sobrevivem

Este é um dos grandes aprendizados que tive em uma palestra recente do super campeão e inspirador líder Bernardinho, com quem tive a honra de dividir o palco em um super evento aqui em São Paulo. Lá ele falou sobre Liderança, Disciplina e Execução dentre outros importantes tópicos tão relevantes para o nosso cotidiano como profissionais e líderes de evndas.

Confira os aprendizados, comente e compartilhe com alguém que possa se beneficiar destes incríveis insights.

Boas Vendas!

Purpose written on desert road

Propósito: você e sua empresa tem um bem definido?

Nestes tempos mais desafiadores e de elevadíssima competitividade, não basta mais apenas vender produtos e serviços com o foco de maximizar os lucros. É preciso ir além! É preciso ir muito além!

Pego inclusive emprestado um insight incrível do Larry Fink, CEO da gigante global de investimentos BlackRock: “As expectativas do público de sua empresa nunca foram tão grandes. Toda empresa deve não só fornecer uma boa performance financeira, mas também mostrar como isso resulta em uma contribuição positiva para a sociedade. Sem um senso de propósito, nenhuma empresa, pública ou privada, pode atingir todo o seu potencial.”

E especialmente no mundo das Vendas Consultivas de Alta Performance e de maior complexidade, revisitar o Propósito de existência das empresas nunca foi tão essencial quanto agora, pois ao final do dia o mais importante diferencial competitivo das empresas que é a sua “Gente” precisa estar inspirada, motivada e com um aguçado senso de propósito que os impulsione a oferecer experiências incríveis aos seus clientes.

Na Paixão por Vendas e na PPVLaw, somos movidos por um propósito visceral. Conheça-o um pouco mais neste rápido vídeo:

E conte sempre conosco para vender mais, melhor e com muito mais Propósito!

Obrigado pelo carinho e confiança de sempre!

José Ricardo Noronha e EquipeConheça nossas soluções!


Acompanhe-me nas redes sociais: Linkedin | Site | YouTube | Facebook | Blog | Spotify | Soundcloud | Apple Podcasts

Cadastre-se para receber materiais grátis em seu e-mail: www.josericardonoronha.com.br

Conheça a minha consultoria e as soluções que oferecemos: Paixão por Vendas

E-mail da minha equipe comercial: vendas@paixaoporvendas.com.br

Confira a incrível solução em EAD em um Curso 100% Gratuito: Universidade das Vendas

Conheça a PPV Law que se dedica exclusivamente ao Mercado Jurídico: PPV Law

Você Vai Continuar
Torrando Dinheiro com
Treinamentos e Palestras?

Baixe agora o eBook rápido de alto impacto com
5 dicas preciosas para não torrar dinheiro com
treinamentos desconectados da sua realidade.

Você está a UM PASSO de baixar
seu exemplar do eBook!

Deixe seu nome e seu melhor e-mail
para receber o link de download.