Skip to main content
processo de vendas

Processo de vendas: quão fácil é comprar de você e da sua empresa?

Você sabe avaliar o seu processo de vendas e o da sua empresa? Se existe uma questão crucial que deve permear boa parte das discussões em torno do planejamento estratégico de 2019 para todas as empresas, esta é certamente uma das mais importantes.

Busque, em conjunto com os demais líderes e gestores da sua empresa, se questionar (mesmo!) se os seus processos de vendas têm sido corretamente desenhados com uma visão cada vez mais orientada a facilitar o processo de compra, e aprimorar a experiência de compra dos seus clientes.

Processo de vendas: os clientes querem facilidade

Dados recentes divulgados pela CEB, agora Gartner, atestam que 77% dos clientes afirmam ser difícil ou complexo comprar dos seus respectivos fornecedores.

Paradoxalmente, estes mesmos clientes confirmam que a facilidade de compra é um dos elementos mais importantes nos seus processos de tomada de decisão.

Ou seja, clientes querem facilidade de compra e, muitas vezes, nós temos criado dificuldades cada vez maiores por meio de processos de vendas burocráticos e muito mais orientados às nossas próprias empresas.

Facilidade e experiência de compra! Foque nisso ao construir sua estratégia para 2019, 2020 etc!

Como sempre, ficarei MUITO feliz com sua visão sobre este ponto tão crucial para o crescimento das nossas empresas.

Autor:

José Ricardo Noronha

É vendedor, palestrante, professor, escritor, consultor e fundador da Paixão por Vendas. Tem como sonho e missão transformar a carreira e a vida de milhares de profissionais e os resultados de vendas de empresas, por meio do compartilhamento de lições, experiências, dicas e da sua própria história de superação pessoal.

Formou-se em Direito pela PUC/SP e tem MBA Executivo Internacional pela FIA/USP. Possui especialização em Marketing, Empreendedorismo, Empreendedorismo Social e Vendas pela Vanderbilt University (Owen Graduate School of Management). É professor nos Programas de MBA da FIA e do Programa de Educação Continuada do Corretor de Imóveis do CRECI/SP.

Escreveu os livros “Vendedores Vencedores” e “Vendas. Como eu faço?”, que contam com a participação de experts como Gustavo Cerbasi, Robert Wong, Eugenio Mussak, Raul e James Hunter, entre outros. É considerado um dos 5 maiores palestrantes e professores de vendas do Brasil.

Conheça nossas soluções: Parceria Anual Palestras


Acompanhe-me nas redes sociais: Facebook | LinkedIn | Twitter | Instagram | YouTube

Cadastre-se para receber materiais grátis em seu e-mail: www.josericardonoronha.com.br

Conheça a minha consultoria e as soluções que oferecemos: Paixão por Vendas

E-mail da minha equipe comercial: vendas@paixaoporvendas.com.br

Confira a incrível solução em EAD: Universidade das Vendas

insights de vendas

Insights de vendas: Sales & Marketing Conference Gartner 2018

Acabo de voltar do Sales & Marketing Conference Gartner 2018 repleto de insights de vendas. Trata-se do maior e mais importante Evento de Vendas e Marketing para Vendas B2B do mundo!

Compartilho com você algumas dicas sensacionais que colhi lá em Las Vegas.

#1: Estamos prontos para brilhar?

O comportamento de compra dos nossos clientes mudou e a pergunta mais importante que precisamos fazer em nossas empresas é a seguinte: nossos profissionais e líderes de vendas estão prontos para brilhar diante deste novo cenário?

#2: Vender Valor

Entregar valor em cada uma das nossas conversas com nossos clientes não é mais um diferencial competitivo. É uma questão de sobrevivência no mundo das vendas de alta complexidade.

#3: Compra por Consenso

O número de pessoas que participa dos processos de tomada de decisão de projetos de maior importância (elevados valores e maior complexidade) no mundo das Vendas B2B não para de aumentar. Diante disso, não temos outro caminho a não ser incrementar nossa capacidade de se relacionar e de impactar muito mais gente!

#4: Facilidade de Compra

A capacidade de crescer e expandir os relacionamentos que temos com nossos clientes está intimamente ligada à facilidade de compra que estes clientes têm em seus processos de compra conosco. Portanto, é chegada a hora de questionar: é fácil ou difícil comprar de você e da sua empresa?

#5: Informação é o novo “ouro”

No mundo incrivelmente competitivo que vivemos hoje tão ou até mais importante que a qualidade das conversas que temos com nossos clientes é a qualidade das informações que compartilhamos com eles e que os auxiliem em seus processos internos de tomada de decisão. Foco na informação de qualidade!

#6: Linear

Eis aqui um adjetivo que NÃO mais caracteriza o processo de compras dos nossos clientes. O processo de compra, especialmente nas vendas de maior complexidade, será cada vez menos linear. E isso gera uma necessidade urgente de investir ainda mais tempo, energia e recursos. Tudo isso para bem entender o processo de compra de cada um dos nossos clientes. Sem isso, continuaremos a navegar no escuro!

#7: Comoditização

Um dos maiores “inimigos” a serem combatidos no mundo das vendas consultivas de alta performance. E como fazer isso? Ao vender valor, ao educar o cliente e ao trazer à mesa informações que sejam de fato relevantes às reais necessidades e aos reais desafios enfrentados pelos nossos clientes!

Mais 5 insights de vendas

#8: Senso de Urgência

Este é um dos insights de vendas mais incríveis. Ele está relacionado a como impulsionar o processo de tomada de decisão dos nossos clientes. E é, definitivamente, mais uma pergunta para o grupo de “perguntas de 1 milhão de dólares” e que deve impulsionar as discussões, reuniões e treinamentos de vendas em nossas organizações. Se você não tem criado e fomentado o senso de urgência dos seus clientes e potenciais clientes, talvez o seu concorrente esteja fazendo isso!

#9: Prospecção em Clientes Novos e Existentes

Dos três maiores desafios de vendas apontados por líderes de vendas, dois estão relacionados ao crescimento das vendas. O maior desafio apontado é conquistar novos clientes. E o terceiro (depois de conquistar e reter talentos que é o 2º) é reter e crescer as vendas dentro dos clientes já existentes. Para que tudo isso aconteça, é fundamental investir em estratégias e ações práticas que permitam liberar mais tempo dos nossos profissionais para prospectar.

E por prospecção, entenda-se conquistar novos clientes e também conquistar novas vendas nos clientes já existentes utilizando os vários meios e mídias que temos hoje à nossa disposição.

E você, tem de forma disciplinada investido mais tempo em atividades de prospecção?

#10: Cuidado com as mensagens de vendas ineficazes

Mensagens genéricas que acabem ignoradas. Mensagens que não geram senso de urgência. Mensagens que não são customizadas às necessidades e desafios dos clientes.
Três exemplos claros de mensagens ineficazes.

E quando não nos comunicamos de forma eficaz com nossos clientes, por mais incríveis que sejam nossos produtos, serviços e soluções é muito difícil mesmo impactá-los a ponto de evitarmos a tão temida comoditização que tanto nos tem afligido.

E você, o que tem feito para incrementar a eficácia de suas mensagens de vendas?

Gostou desses insights de vendas? Aproveite para compartilhar e acesse também as dicas sobre marketing e atendimento e encantamento de clientes.

Boas vendas!

Goste você ou não, você está em Vendas! Pode acreditar!!

Sei que o título acima pode parecer um tanto quanto assustador, especialmente para a maioria das pessoas que nunca se imaginou “vendedor” ou “vendedora”. Mas pode acreditar: é quase certo que uma forma ou de outra você está em Vendas!! 🙂

A dica de leitura desta semana é o excelente best-seller “Saber Vender é da natureza humana” de Daniel Pink que é editado no Brasil pela Editora Leya. Pink é um estudioso do nosso fascinante mundo das vendas e nos ajuda a entender a importância de dominarmos as mais importantes técnicas e nos distanciarmos de antigos e falsos “mitos” que infelizmente ainda nos cercam e que são “propagandeados” por muitos como os grandes “segredos da venda”. Como sempre digo em todos meus cursos e palestras e aqui reforço: Venda é Técnica! Venda é Processo! Venda é Ciência!  

Médicos vendem! Professores vendem! Advogados vendem! Gerentes vendem! Empresários vendem! Empreendedores vendem! Todos nós vendemos!!

De uma forma ou de outra, gastamos e investimos boa parte do nosso tempo tentando convencer, influenciar ou induzir os outros sobre nossas ideias, produtos, serviços e soluções. E para fazermos isso com competência é fundamental mergulharmos na ciência por trás deste incrível e complexo mundo em que vivemos, o mundo das vendas.

Para te ajudar e inspirar a mergulhar de vez na leitura das melhores e mais incríveis obras sobre vendas, selecionei um trecho do livro que fala por si só e que certamente provoca em todos nós a tão fundamental reflexão se temos um razoável domínio das principais técnicas que nos permitam vender mais e melhor para clientes cada vez mais exigentes, bem informados e repletos de opções à sua frente:

“A pesquisa intitulada O que você faz no trabalho? começa a prover um retrato mais rico da mão de obra do século XXI, como exemplificado pela maior economia do mundo. Os dados existentes mostram que 1 em cada 9 americanos trabalha em vendas. Mas os novos dados revelam algo ainda mais espantoso: desses 9, os outros 8 também trabalham em vendas. Eles também estão gastando seus dias induzindo os outros e dependendo dessa habilidade bem executada para seu sustento.

Seja na forma tradicional de venda, ou na variação de vendas sem venda, agora, estamos todos em vendas!”

Dentre outras dicas preciosas deste livro maravilhoso, que faz parte da minha mais recente obra “Vendas. Como eu faço?” (clique aqui para garantir o seu), selecionei aqui quatro pontos que tenho certeza já lhe ajudarão a vender com muito mais ciência:

  1. Ouça mais e fale menos. Em vendas, não necessariamente os extrovertidos vendem mais. Vendem mais os profissionais que mais e melhor ouvem com empatia seus interlocutores e clientes e os que melhor exploram as necessidades não percebidas pelos outros;
  2. Venda grandes experiências, pois as pessoas tendem a valorizar muito mais as grandes experiências do que os produtos ou serviços que compram;
  3. Aprenda a fazer melhores perguntas. Fazer melhores perguntas é muito mais valioso do que dar as respostas certas.
  4. Crie um discurso de vendas (“pitch“) sensacional! O mais legal de todos é o “Estilo Pixar” que se baseia em seis frases: Era uma vez … ; Todo dia, … ; Um dia, … ; Por conta disso, … ; Por causa disso, … ; Até que, finalmente, … Ficou curioso/a? Compre o livro!

Leitura mais do que recomendada para todos nós que estamos em vendas, incluindo aí quem sequer pensou um dia que seria “vendedor” ou “vendedora”: “Saber vender é da natureza humana” de Daniel Pink!

E você qual foi o livro mais recente que leu e que lhe trouxe novas ideias e insights para vender mais e melhor? Compartilhe suas dicas logo abaixo. 

Boas vendas e ótima leitura!

José Ricardo Noronha | www.paixaoporvendas.com.br

Cursos e Palestras Memoráveis do Zéwww.paixaoporvendas.com.br

Redes Sociais: clique nos links abaixo para se conectar comigo nas principais redes sociais.

                   

Entrevista Blog SuperVendedores: uma “aula de vendas” gratuita! Confira, comente e compartilhe!

É com enorme honra que compartilho com você uma entrevista com o Leandro Munhoz Moreira do excelente Blog SuperVendedores. Uma entrevista recheada de dicas, técnicas e insights preciosos para você brilhar ainda mais em suas vendas e em sua vida!

Surpreenda-se! Aguardo seus comentários!

Clique aqui para ter acesso ao vídeo e às técnicas e insights preciosos compartilhados ao longo do vídeo.

Sucesso e boas vendas!

José Ricardo Noronha | www.paixaoporvendas.com.br

Cursos e Palestras Memoráveis do Zéwww.paixaoporvendas.com.br

Redes Sociais: clique nos links abaixo para se conectar comigo nas principais redes sociais.

                   

Quer ganhar esta linda camiseta e um livro autografado?

Camiseta Nova Paixão por Vendas Promoção

Quer ganhar esta linda camiseta e um livro “Vendas. Como eu faço?” autografado? Clique no link abaixo e deixe um depoimento ao final da página sobre o que mais lhe foi marcante na palestra ou curso que fez comigo ou sobre um tema que gostaria de uma nova Palestra: http://goo.gl/7Szu5D Participe, deixe seu comentário e concorra!! Boa sorte!! Aguardo ansioso!!

Clique e participe: http://goo.gl/7Szu5D

Sucesso e boas vendas!

José Ricardo Noronha | www.paixaoporvendas.com.br

Cursos e Palestras Memoráveis do Zéwww.paixaoporvendas.com.br

Redes Sociais: clique nos links abaixo para se conectar comigo nas principais redes sociais.

                   

Empowerment: um segredo de sucesso que tem nome complicado

A minha fascinante missão como “evangelista das vendas” me permite diariamente interagir, compartilhar conhecimentos e aprender com milhares de profissionais e líderes de vendas do Brasil inteiro. Não por acaso, um dos principais temas que tenho trabalhado com as maiores e melhores empresas do Brasil e do mundo é o do “Atendimento e Encantamento de Clientes” com especial ênfase no“processo de transformação de clientes em fãs”, pois por mais incrível que possa parecer, ainda são raras as empresas que conseguem oferecer aos seus clientes e públicos alvo experiências realmente memoráveis e que idealmente possam ser compartilhadas com amigos e familiares.

 E é durante as reuniões de briefing com os clientes (que é quando discutimos os objetivos estratégicos para cada treinamento e palestra), que tenho me deparado com um dos maiores e mais espinhosos desafios de todas as empresas: a cultura de “empowerment” ou de “empoderamento”, que ainda não se faz presente na maior parte delas.

E daí, você para e me pergunta: Mas Zé, o que é “empowerment”, hein? E por que é que preciso me preocupar com isso, hein?

De forma bastante simplificada pode-se traduzir “empowerment” como a competência essencial das organizações de alta confiança e alta performance onde todos os profissionais tem real autonomia para fazer tudo o que lhes é possível fazer para encantar e fidelizar seus clientes.

 Aliás, é importante destacar aqui o elemento “confiança”. Confiança foi, é e sempre será o elemento mais essencial e indispensável das organizações que mais encantam seus clientes no mundo todo, pois só se pode encantar (que por sua vez se traduz em superar o tempo todo as expectativas dos clientes) quando se tem toda a empresa 100% focada e empoderada para resolver os problemas e solucionar os sonhos de cada um dos seus clientes através de experiências inesquecíveis. E preciso aqui lhe ser muito sincero: sem confiança entre líderes e liderados isso não vai rolar!

 E como se faz isso hein, Zé? É preciso que fique claro que a tarefa de criação de uma cultura de “empowerment” é de responsabilidade da alta gestão e dos grandes líderes. Para te ajudar nesta deliciosa e recompensadora missão, eu compartilho 3 dicas que tenho certeza lhe serão de enorme valia para você criar uma cultura de “empowerment” em sua organização:

  1. Os líderes precisam inspirar, capacitar e motivar seus profissionais o tempo todo. Isso só é possível quando os líderes verdadeiramente conhecem cada um dos liderados e sabem fazer a boa conexão entre os sonhos, desejos, necessidades e expectativas deles com os valores, missão, propósito e as metas da empresa. Sem isso fica muito difícil encantar o cliente com profissionais 100% comprometidos em bem servi-los o tempo todo.
  2. Os líderes precisam se fazer disponíveis aos seus liderados o tempo todo e dar a eles real autonomia. Não nos esqueçamos que a grande função do líder é oferecer um propósito, uma visão e uma missão grandiosa aos seus liderados. E para que isso se viabilize na prática, o líder precisa estar disponível o tempo todo para dar “coaching” constante que privilegie a alta performance dos profissionais e da empresa como um todo. Além disso é preciso que haja confiança plena entre líder e liderados, e esta confiança só existe quando os profissionais tem real autonomia para bem realizar suas tarefas e responsabilidades. Lidere pelo exemplo!
  3. Os líderes precisam servir e ajudar o tempo todo. Como tão brilhantemente nos ensina o mestre da liderança servidora James Hunter, autor do super best-seller “O Monge e o Executivo” e que com tanta honra participa do meu livro “Vendas. Como eu faço?”, que aqui eu reproduzo um trecho do capítulo onde eu e ele trocamos figurinhas sobre como servir e encantar clientes e liderados: Liderança Servidora é dedicar tempo e esforço para identificar e satisfazer as necessidades legítimas de suas pessoas. Quando você faz isso, você necessariamente vai construir relacionamentos sólidos e saudáveis.

Portanto, agora você já conhece mais um super segredo das empresas que mais encantam seus clientes no mundo inteiro: a cultura de “empowerment”. Dê poder e autonomia aos seus profissionais e coloque como a missão maior de sua empresa encantar todos os seus clientes e transformá-los em fãs. Os resultados que você e sua empresa irão alcançar serão surpreendentes e poderosos!

E se precisar de ajuda nesta deliciosa missão conte comigo! Entre em contato comigo ainda hoje para trabalharmos juntos no mais impactante programa de treinamento já realizado pela sua empresa.

Sucesso e boas vendas!

José Ricardo Noronha | www.paixaoporvendas.com.br

Cursos e Palestras Memoráveis do Zéwww.paixaoporvendas.com.br

Redes Sociais: clique nos links abaixo para se conectar comigo nas principais redes sociais.

                   

7 dicas poderosas para criar um discurso de vendas memorável

What's your story

A cena já é bastante típica no mercado de vendas consultivas (de alta complexidade e de valores mais expressivos): um vendedor chega até o cliente e sem verdadeiramente entender suas necessidades, expectativas, desejos e sonhos começa a relatar o quão bom é o produto ou serviço que representa. Penso que você já deve ter deparado com inúmeras situações assim, certo? É o que convencionei chamar de “vendedor play”, pois parece que tão logo começa a interação com o cliente ele aperta um botãozinho imaginário em sua cabeça que o transforma em uma verdadeira máquina de falar sem demonstrar qualquer conhecimento sobre as reais necessidades do cliente, sobre os perfis e características pessoais dos seus interlocutores e sobre os reais problemas que os produtos e serviços que representa podem verdadeiramente solucionar. Pode acreditar: este “vendedor das antigas” terá cada vez mais dificuldades para vender e entregar resultados sustentáveis.

Diante de um mercado cada vez mais exigente e comoditizado, que se caracteriza por clientes super informados e concorrentes cada vez melhores, preparar-se bem para brilhar na hora do tão crucial contato com o cliente nunca foi tão essencial quanto agora. De acordo com uma extensa pesquisa realizada pelo Gartner Group, 70% dos compradores executivos concordam que a habilidade de contar boas histórias e bem utilizar estudos de caso que comprovem a eficácia dos produtos e serviços que vendemos são a melhor forma que os fornecedores tem para comunicar os verdadeiros diferenciais dos produtos que vendem.

Eis que nos deparamos com uma habilidade que ganha cada vez mais destaque neste exigente mundo em que todos vivemos e que ainda são poucos o que a dominam: a habilidade da contação de histórias, ou do “storytelling”. Não por acaso, os campeões de vendas nos mercados de vendas de alta complexidade (ciclos de vendas mais longos, múltiplos tomadores de decisão e valores bastante elevados) são aqueles que tem uma competência singular de transformarem suas apresentações em histórias engajantes que estimulem o interesse do comprador de se relacionar mais e melhor com estes profissionais que tem esta capacidade singular de educá-los e porque não provocá-los com perspectivas únicas e frescas que tem por principal objetivo ganhar a atenção plena de quem lhe ouve e de quem compra seus produtos e serviços e ao final do dia paga pelos seus salários.

Empresas e profissionais que usam o cada vez mais ultrapassado modelo de focar em si mesmos vão encontrar dificuldade cada vez maior para escoarem seus produtos e serviços e o que é ainda mais alarmante de criar novos mercados e atrair e conquistar novos clientes. Para te ajudar a mudar o discurso de vendas da sua empresa e dos seus profissionais eu compartilho abaixo 7 dicas extraídas do meu mais recente livro “Vendas. Como eu faço?” que tenho certeza lhe serão de grande valia e que provocarão a tão necessária reflexão sobre o que é preciso mudar para aumentar a eficácia dos seus vendedores e a sua performance de vendas:

  1. Fuja do mesmo. Pare de dizer quanto a sua empresa é grandiosa, quantos funcionários ela tem, quantos escritórios e subsidiárias tem no mundo e o quanto ela investiu em Pesquisa e Desenvolvimento no último ano. Tudo isso para a grande maioria dos clientes é “blá blá blá”. Questione-se se as informações que irá compartilhar são realmente importantes e relevantes para o problema que seu cliente e prospect enfrentam e se elas são suficientes para demonstrar as capacidades, competências e credenciais da sua empresa para resolvê-lo. Se ficar em dúvida sobre o que incluir ou excluir, retire tudo o que perceber se tratar de mera propaganda da sua empresa.
  2. Lista de Clientes. Deixe de lado também o discurso pronto de quantas empresas líderes (Exame 500, Fortune 500 etc) você e sua empresa trabalham. Selecione cases que realmente tenham relevância para os problemas e desafios enfrentados pelos clientes e que demonstrem que você já conhece o mercado e os desafios por ele enfrentados.
  3. Venda por último. Somente venda o seu produto ou serviço depois de ter entendido o problema enfrentado pelo cliente e o que é mais importante depois de ele mesmo ter reconhecido a urgência de resolver este problema.
  4. Customize. Sua apresentação (que pode ser com PowerPoint , Keynote ou ainda usando um quadro branco – técnica que ganha cada vez mais espaço no mundo das vendas profissionais em virtude do elevado nível de engajamento que gera) precisa ser a mais customizada possível às necessidades daquele cliente. Se você ainda usa uma mesma apresentação para todos os seus clientes e potenciais clientes, será muito difícil demonstrar e comprovar a eles que você se preparou adequadamente para aquela reunião específica e que o precioso tempo investido com você realmente valerá a pena.
  5. Quantifique a dor. Mostre com dados claros, consistentes e que tenham credibilidade o tamanho do problema que o seu produto ou solução se propõe endereçar. Se for usar de apresentações no computador, selecione boas imagens que marquem e reforcem a mensagem que pretende transmitir e que gerem impacto emocional no seu interlocutor e maior urgência em resolver este problema o quanto antes.
  6. Seja específico. Repito e reforço: seja o mais específico que puder! Mostre um ou dois cases específicos que sejam os mais similares e congruentes com as necessidades e problemas enfrentados pelo cliente e se puder cite os nomes destas empresas. Se puder e tiver um case de um concorrente do seu cliente, diga que este case específico é de uma empresa do mesmo setor, do mesmo porte e que enfrenta um problema muito parecido que foi solucionado pelo seu produto ou solução. Uma vez gerada a curiosidade e demonstrada a relevância, o cliente será todo ouvidos para você.
  7. Foque no valor real. Quando da apresentação do seu produto ou solução, foque sempre no valor real e nos benefícios diretos que o cliente terá. Fuja dos discursos prontos carregados de expressões “lugar comum” como o “melhor produto do mercado” e “a maior empresa” que tanta gente já utiliza. Quão mais único e memorável for o seu discurso de vendas, melhor.

Espero que as dicas acima possam ajudar você, seus líderes e liderados a brilharem ainda mais neste cenário cada vez mais exigente e igualmente repleto de oportunidades sensacionais para os bem preparados, pois como tão brilhantemente nos ensinou Benjamin Franklin: “A falha na preparação é a preparação para a falha“.

E se precisar de ajuda profissional e apaixonada para incrementar o repertório de habilidades, técnicas, conhecimentos, comportamentos e atitudes de vendas dos seus profissionais entre em contato comigo e minha equipe ainda hoje para que possamos montar juntos a Palestra, Curso, Workshop ou Programa de Treinamento mais sensacional já realizado pela sua empresa. Juntos faremos um trabalho espetacular!

Entenda o porquê alguns gigantes como Alphaville, Caixa Econômica Federal, BRF – Brasil Foods, Johnson & Johnson, Marfrig, Natura, Perdigão, Pizza Hut, PwC, Sadia, Starbucks e Volkswagen tem trabalhado em grandes parcerias comigo para turbinar a motivação dos seus profissionais e as suas vendas. Em breve estaremos juntos!

Obrigado desde já pela confiança!

Abraços e ótimas vendas,

José Ricardo Noronha | www.paixaoporvendas.com.br 

Tenha dias de trabalho espetaculares!

Mais uma vez a Inc.com nos presenteia com um artigo recheado de ótimas dicas (todas simples e ao mesmo tempo tão difíceis de colocar em prática) para termos dias absolutamente memoráveis em nossos trabalhos. Se me permitirem acrescentar apenas uma dica adicional às 10 abaixo, aqui vai: Faça o que você ama! Ame o que você faz!

1. Comece seu dia com 15 minutos de pensamentos positivos.

2. Alinhe o seu trabalho aos objetivos da sua vida.

3. Use seu trajeto até o trabalho sabiamente.

4. Coloque um sorriso em seu rosto.

5. Expresse um estado de espírito positivo.

6. Faça as coisas mais importantes em primeiro lugar.

7. Evite pessoas negativas.

8. Não trabalhe por longas horas.

9. Tranquilize e relaxe.

10. Termine o seu dia com 15 minutos de gratidão.

Clique aqui para ler o artigo em Inglês na íntegra. Fica aqui mais uma dica de um dos melhores sites e revistas de Vendas e Marketing do mundo: Inc.com. E aos que ainda não falam Inglês e aos que não atentaram à importância do idioma oficial do mundo dos negócios em nossas vidas, talvez a GlobalEnglish possa lhes ajudar. 🙂

Big Stock Photo

Você é Vendedor(a) de X-Tudo?

Dias atrás estive em uma das melhores padarias de Alphaville. Como tinha pouco tempo para um almoço mais elaborado, dei uma olhada no cardápio de lanches e vi lá um X-Tudo. Foi quando pedi o apoio da garçonete: “Por favor, o que vem no X-Tudo?

A resposta dela foi rápida e certeira: “Tudo, moço!”.

E eu educadamente repliquei, “E tudo é o que?”.

Agora o Sr. me apertou moço!”. Diante da situação inusitada e até engraçada, lembrei-me de uma expressão que comumente usávamos na minha querida São João da Boa Vista: “agora você me apertou sem me abraçar”.

Tudo bem que esta passagem é um tanto quanto prosaica, mas dela podemos extrair alguns questionamentos importantes:

  • Será que os vendedores da sua empresa quando questionados sobre os benefícios, vantagens e características técnicas dos produtos e serviços que vendem, não tem dado respostas tão lacônicas e desprovidas de qualquer conhecimento básico sobre suas soluções, como a da garçonete da padaria?
  • Será que as empresas não tem dado foco demasiado ao lançamento de novos produtos, serviços e estratégias e deixado de lado os tão fundamentais treinamento e capacitação constantes de seus profissionais?
  • Será que os vendedores da sua equipe (e talvez até você mesmo) muitas vezes já não estão em uma zona de conforto tão grande que pensam que a tarefa de conhecer os seus produtos e serviços seja uma responsabilidade do cliente e do prospect?

Tudo” de bom para você!

Um grande abraço,

José Ricardo Noronha

Palestras e Cursos Memoráveis: Entre em contato pelos telefones (11) 3434.6488 / 94278.8700 ou e-mail, para montarmos juntos uma Palestra, Curso ou Workshop Memorável em sua Empresa. Clique aqui para ver os depoimentos dos meus “fãs”.

Redes Sociais: clique nos links abaixo para se conectar comigo nas principais redes sociais.

Facebook     YouTube    Linkedin     twitter     Flickr

Você Vai Continuar
Torrando Dinheiro com
Treinamentos e Palestras?

Baixe agora o eBook rápido de alto impacto com
5 dicas preciosas para não torrar dinheiro com
treinamentos desconectados da sua realidade.

Você está a UM PASSO de baixar
seu exemplar do eBook!

Deixe seu nome e seu melhor e-mail
para receber o link de download.